Estimulantes Sexuais Femininos

Escrito por Redacao blog da Gina
em novembro 1, 2021

Insira seu e-mail para receber

Baixe gratuitamente: 10 Dicas Para Mulheres Arrasarem na Cama

Estimulantes Sexuais Femininos
Compartilhe Este Artigo!

Hoje o Blog da Gina vai te ajudar com alguns estimulantes sexuais femininos para voltar de vez ao seu desejo sexual e assim você surpreender o seu parceiro.

Sabemos que muitas coisas podem atrapalhar sua performance na hora da cama. Estresse, preocupações, autoestima e inúmeros fatores podem estar te atrapalhando.

E ainda, te tirando um momento de prazer tão importante, tanto de maneira pessoal, como com o seu parceiro, que acaba sentindo também.

E é neste momento, que deve-se recorrer aos estimulantes sexuais femininos, após o diagnóstico do que pode estar te impedindo de se realizar sexualmente.

Hoje em dia há diversos tipos de atuação dos estimulantes sexuais femininos e que podem auxiliar muito a mulher que precisa de uma ajuda.

As vantagens do seu uso são enormes, como o aumento do apetite sexual, resolução do desconforto no sexo e maior prazer na relação.

Vamos te explicar tudo passo a passo.

Assista o vídeo abaixo sobre alimentos que aumentam a libido naturalmente

Dificuldades no sexo

Primeiramente, é preciso entender que as mulheres são diferentes dos homens, então, tanto no estímulo, como nos problemas, as causas são diferentes.

O homem, às vezes, no estresse, precisa transar para poder relaxar, já a mulher, se estiver com algum problema, não consegue se conectar ao momento.

Por isso, é importante entender o que pode estar atrapalhando seu momento de prazer.

Pode ser algo com sua autoconfiança, o clima do momento, preocupações externas (trabalho, finanças, filhos), problemas hormonais (baixa testosterona ou estrogênio), alguma insatisfação com parceiro e até traumas antigos.

Muitas das vezes, pode ser falta de algum nutriente ou vitamina. A falta de vitamina D por exemplo, causa muita prostração física, que pode levar a um cansaço e assim afetar a vida sexual.

É importante realmente fazer uma auto avaliação e ajuda médica, para identificar o que pode estar ocorrendo com seu corpo e mente.

Já sabendo qual o motivo que está causando o bloqueio sexual, a mulher precisa entender quais soluções são melhores para si.

Poderá ser uma terapia, tratamento de saúde ou até mesmo um tempo para se organizar pessoalmente.

Se o problema for diretamente com o parceiro, como algo que ele faz dentro ou fora da cama, a melhor solução é o diálogo.

Uma conversa sincera e aberta pode ser a solução para muita coisa, até mesmo um pedido de ajuda, caso o motivo seja outro.

Um dos pontos mais importantes é não se comparar. Ao pedir conselho para alguma amiga, muitas contam suas próprias experiências e soluções.

Porém, isso pode não valer para você. Ache o seu próprio diagnóstico e caminho.

Outro ponto importante é você identificar se você começa excitada, se estimula nas preliminares e no ápice não consegue gozar.

Ou se você não tem vontade nem de iniciar o sexo como um todo, ou seja, não tem qualquer apetite sexual ou tesão em seu parceiro.

Há uma grande diferença entre ambos.

Isso porque, o primeiro, você consegue se conectar com o sexo, mas algo te impede de chegar ao orgasmo.

Já para o segundo caso, é preciso uma diagnóstico mais aprofundado, pois o que não está chegando é o desejo total.

O problema pode ser em razão de algum bloqueio mental ou até mesmo disfunção corporal, onde o sexo causa dor e a mulher acaba se fechando sexualmente.

Tipos de estimulantes sexuais femininos

Para tratar este bloqueio sexual, que acomete tantas mulheres, as impedindo de se realizarem e terem prazer no sexo, o Blog da Gina irá trazer os principais tipos de estimulantes sexuais femininos.

LEIA TAMBÉM:  8 Dicas para Um Boquete Maravilhoso Em Um Homem

Eles podem ser industriais, que podem ser adquiridos em farmácia, casas de suplementos ou sexy shops.

Como há os naturais, que são ervas e alimentos, os chamados afrodisíacos. Podem ser encontrados em mercados, feiras de ruas e casas naturais.

Algumas farmácias de manipulação trabalham com fórmulas manipuladas de estimulantes sexuais, mas vendem somente com indicação médica.

Basta levar a receita do seu médico especialista com os componentes e tomar regularmente e conforme indicação.

Estimulantes sexuais femininos Industriais

Os estimulantes sexuais femininos industriais se dividem em algumas categorias:

  • Cremes e gel cosméticos – Atuam diretamente nos lábios vaginais e no clitóris, intensificando a sensibilidade local, através do aumento da vasodilatação.
  • Comprimidos: Tipo bem comum e bastante usado. São cápsulas, muitas vezes formuladas de maneira personalizada ou com produtos comuns, vendidos em casas de produtos naturais. Atuam muitas vezes como desbloqueador mental;
  • Adstringente vaginal: Também bastante popular, esse estimulante deixa o canal vaginal mais apertado, pois o faz inchar. Aumenta bastante o prazer do casal;
  • Líquidos: Em formato de xarope, efervescente ou shake, podem ser misturados a outras bebida e ficam com aroma de ferormônio, ou seja, que atrai o sexo oposto. São energéticos, compostos de extratos naturais, que estimulam o apetite sexual feminino.

Estimulantes sexuais femininos Naturais

Os estimulantes sexuais femininos naturais são:

  • Guaraná e taurina: Provocam enorme estímulo sexual
  • Cravo e maracuama:Aumentam o fluxo de sangue nas regiões íntimas, logo são muito afrodisíacos, por devolverem o apetite sexual para as mulheres;
  • Amora e canela: Dois elementos super poderosos para o corpo da mulher, pois atuam direto no estrogênio – hormônio feminino, auxiliando muito na libido;
  • Catuaba:ótimo também para a libido e apetite sexual;
  • Tribulus:Causa uma enorme sensibilidade sensorial, logo a mulher fica mais suscetível aos estímulos sexuais e se abre mais para o prazer;
  • Ginkgo biloba e Gengibre:Aumentam a circulação e a intensidade de fluxo de sangue nas corporal, causando maior sensibilidade nas regiões genitais;
  • Ginseng:Produto causador de enorme estímulo sexual.

Além disso, as mulheres podem incluir em suas dietas, os seguintes alimentos e temperos muito afrodisíacos.

Lista de alimentos afrodisíacos

  • Morango
  • Banana
  • Figo
  • Melancia com semente
  • Abacate
  • Semente de abóbora
  • Amêndoas
  • Amendoim
  • Aspargos e alcaparras
  • Aipo
  • Pimenta vermelha
  • Mel
  • Açafrão
  • Castanhas e Amêndoas
  • Alecrim
  • Sardinha
  • Quinoa
  • Arroz integral
  • Chocolate 70% cacau ou cacau em pó
  • Noz-moscada, entre outros.

Faça um almoço de salmão com alcaparras e um suco de morango com gengibre e seja feliz!

Lembrem-se apenas que os estimulantes sexuais femininos não irão fazer milagre.

É preciso diagnosticar o seu problema e tratar a causa raiz.

Mas eles irão auxiliar e muito, dentro de um tratamento completo, ajudando a voltar com seu apetite sexual.

Além disso, eles poderão ser usados, também, pelas mulheres que desejam apenas aumentar suas sensações na cama e dar mais prazer ao seu parceiro.

Importante saber que cada estimulante sexual feminino tem suas propriedades e níveis de estímulo ao organismo de diferentes.

E que cada organismo atua de maneira única, logo o que pode ter dado certo para uma mulher, pode não ter o mesmo efeito em outra.

É importante se conhecer e experimentar.

Em caso de uso industrial de estimulantes, sempre estar acompanhada de um especialista.

Isso, porque, os estimulantes sexuais femininos não possuem muitas contraindicações, porém podem fazer mal para quem é hipertensa ou tem alguma doença metabólica.

Gostaram destas dicas?

Acompanhe o Blog da Gina e tenha muito mais prazer na sua relação.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!