Aproveite Nossa Promoção de Black Friday do E-Book!

Clique Aqui!


	

Pompoarismo: o que é, como fazer e benefícios

Escrito por Redacao blog da Gina
em Agosto 23, 2021

Insira seu e-mail para receber

Baixe gratuitamente: 10 Dicas Para Mulheres Arrasarem na Cama

Pompoarismo: o que é, como fazer e benefícios
Compartilhe Este Artigo!

Hoje é dia de ginástica! Mas não qualquer tipo de ginástica. Estamos falando do pompoarismo, um tipo de ginástica íntima que promete deixar suas noites de amor ainda mais prazerosas.

Quer descobrir mais a respeito? Então, fique comigo e acompanhe todas as dicas a seguir!

O que é pompoarismo?

Imagem representativa sobre o que é pompoarismo.

O pompoarismo é uma ginástica íntima realizada a partir de movimentos de contração e relaxamento dos músculos pélvicos localizados no interior da vagina

A prática permite que a mulher sinta mais intensamente o pênis do parceiro. Esse, por sua vez, recebe uma espécie de massagem, permitindo um aumento no prazer sexual.

O significado de pompoarismo vem do tailandês e deriva da palavra pompoar que, em uma tradução livre, significa “sugar com a vagina”.

Inclusive, foi lá na Tailândia que o pompoarismo surgiu. Mas, foi apenas na década de 40 que a técnica foi aperfeiçoada com os exercícios que conhecemos hoje.  

O método foi proposto pelo médico ginecologista alemão Dr. Arnold Henry Kegel, com o objetivo de auxiliar mulheres que sofriam com incontinência urinária.

O que o médico não imaginava era que suas pacientes começassem a relatar melhora na vida sexual.

A partir daí, não demorou muito para que o pompoarismo ganhasse fama no mundo e se estabelecesse definitivamente como um método de estímulo sexual.

Atualmente, o pompoarismo evoluiu, se desenvolveu e pode ser praticado tanto por homens quanto mulheres, apesar de ser mais comum ao sexo feminino.

Benefícios do pompoarismo

Imagem representativa dos benefícios do pompoarismo.

O pompoarismo oferece uma série de benefícios para os seus praticantes.

Confira a seguir como você também pode se beneficiar da técnica:

  • Autoconhecimento do próprio corpo, descobrindo novas sensações e elevando a autoestima;
  • Maior controle sobre os próprios orgasmos;
  • Possibilidade de orgasmos múltiplos graças ao controle dos músculos pélvicos;
  • Evita dores na relação em mulheres que sofrem com vaginismo; 
  • Aumenta o prazer do parceiro enquanto o pênis é massageado e friccionado pela vagina, elevando a ereção e retardando a ejaculação;
  • Combate cólicas menstruais, alivia os sintomas da TPM e ajuda a regular o ciclo menstrual;
  • Ajuda no combate aos sintomas da menopausa;
  • Previne problemas de infecção urinária;
  • Evita a flacidez vaginal;
  • Aumenta a libido e a lubrificação vaginal;
  • Facilita o pré-parto e ajuda na recuperação do pós parto;
  • Previne problemas de incontinência urinária e fecal;

Certamente, você encontrará mais benefícios ao praticar. Portanto, é importante iniciar!

Imagem representativa sobre as zonas erógenas.

Como praticar o pompoarismo?

Imagem representativa sobre como praticar o pompoarismo.

Agora vem aquela pergunta que não quer calar: “afinal de contas, como fazer pompoarismo?”

O pompoarismo é um exercício democrático com diferentes níveis de dificuldade, capazes de atender tanto as iniciantes como as mais experientes.

Inclusive, vale citar que os exercícios de pompoarismo podem ser praticados em qualquer lugar (até no caminho ao trabalho).

Existem exercícios de pompoarismo com ou sem acessórios, como as famosas bolinhas tailandesas. 

O importante é que você vá se descobrindo aos poucos e, caso queira avançar, busque a ajuda de um profissional especializado em pompoarismo.

Basicamente, os exercícios de pompoarismo consistem em contrair e relaxar os músculos no interior da vagina.

Para facilitar o entendimento, imagine que a vagina possui três anéis. O primeiro está bem na entrada, com uma força maior de contração, já o segundo mais no meio e o terceiro bem ao fundo, com menor força de contração. 

O seu trabalho junto ao pompoarismo é controlar esses “anéis” apertando e soltando repetidas vezes por meio dos diferentes exercícios criados para esse fim.  

Exercícios de pompoarismo

Imagem representativa sobre os exercícios de pompoarismo.

Para alcançar bons resultados, o recomendado é praticar entre 10 e 15 minutos de pompoarismo diariamente.

Após um mês de exercícios os resultados já começarão a aparecer.

1 – Relaxamento da musculatura vaginal

Faça xixi e esvazie toda a bexiga. Em seguida, inale profundamente e prenda a respiração por alguns segundos, de modo semelhante quando você prende o “xixi”.

Em seguida, expire soltando e relaxando toda a musculatura da região vaginal.

Repita esse processo 10 vezes com pausas de 20 segundos. 

2 – Coordenação motora da MAP

A musculatura do assoalho pélvico (MAP) é a grande impactada pelos exercícios de pompoarismo. E a melhor maneira de começar a treinar esses músculos é desenvolvendo a coordenação motora, ou seja, contraindo toda a região.

Inicie com uma respiração forte e profunda. Nesse meio tempo, contraia toda a MAP por um segundo e solte em mais um segundo. 

Repita esse padrão ritmado por 15 vezes. Descanse 15 segundos e repita novamente. Faça essa sequência por mais duas vezes.

3 – Fortalecimento da musculatura vaginal

Você também precisa aprender a fortalecer a musculatura vaginal. Para isso, comece respirando profundamente e contraindo a MAP com toda a força possível. 

Segure essa contração por 6 a 8 segundos e relaxe completamente. Descanse por 8 segundos.

Repita essa série entre 10 e 15 vezes.

Contraindicações do pompoarismo

Imagem das contraindicações do pompoarismo.

Existem alguns casos em que o pompoarismo não é indicado. Veja a seguir se você se encaixe em algum deles:

Período menstrual

Durante o período menstrual, o recomendado é que a mulher realize o pompoarismo sem uso de acessórios, por questões de higiene e para evitar infecções.

DIU

O uso do DIU não interfere na prática do pompoarismo, dado que os exercícios são localizados apenas na região da vagina. Mas, caso tenha colocado o dispositivo recentemente, o ideal é aguardar alguns meses antes de iniciar a prática.

Endometriose e miomas

O pompoarismo estimula o fluxo sanguíneo na região vaginal e, por isso, pode causar dores e desconfortos em mulheres com endometriose. Consulte o médico para tirar a dúvida.

Caso tenha algum mioma, o pompoarismo também não é recomendado.

Gestação antes dos três meses

Mulheres grávidas não devem realizar pompoarismo nos três primeiros meses de gestação, sob risco de aborto prematuro.

Após esse período, converse com o seu médico e procure um profissional especializado em pompoarismo para te auxiliar.

Infecções ou inflamações

Qualquer tipo de infecção ou inflamação vaginal ou no colo do útero precisa ser tratada antes de dar início ao pompoarismo.

Conclusão

Seguindo todas as recomendações, você está pronta para começar a apertar e soltar no ritmo do pompoarismo.

Lembre-se também das contraindicações e, no mais, bora começar?

LEIA TAMBÉM:  8 Dicas para Um Boquete Maravilhoso Em Um Homem

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


Seja o primeiro a comentar!

10 Dicas Para Mulheres Arrasarem na Cama

Baixe Agora Nosso E-Book Gratuitamente!

Milhares de leitoras aqui do Blog já baixaram e estão aproveitando todas as dicas...

100% Seguro e Livre de Spam!